10
Jul 17

Luís Miguel Lopes Guimarães que recusou receber em 2012 a medalha municipal por discordar das politicas do concelho, acusando a câmara de apenas fazer rotundas, é a segunda pessoa da sua família a receber o galardão dos rotarios depois do seu pai Luís Lopes.

publicado por José Manuel Faria às 22:41

24 comentários:
jmf. Vá ao dicionário ver o que significa "Curador" e depois diga qualquer coisa...de jeito!
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 09:27

E! qual o problema com o Presidente dos Curadores?

O problema do Presidente dos Curadores é que é um termo bastante oligárquico em que nada abona com a aproximação da política com os cidadãos comuns. Presidente dos Curadores (o termo correto é até curião) significa que vai presidir a uma Cúria, por seu turno, é uma reunião elitista que fragmentou a estrutura e promoveu a divisão social igual ao que aconteceu com o surgimento das fratarias. Prova disso, é que o Papa é Chefe de Estado e Presidente de Câmara ao mesmo tempo e não é eleito por sufrágio universal, mas sim por uma cúria romana dominada por cardeais patriarcas e agendada e validada pelo camerlengo (uma espécie de Chefe do GAP do Vaticano).
Guri a 11 de Julho de 2017 às 11:27

Realmente este GURI é a pessoa ideal para falar em oligarquia.
Tu não vês mesmo um palmo ao lado dos teus olhos, pois não? Só consegues ver para a frente...
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 12:20

É estilo JP na CMV.
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 13:05

Tanta asneira e tanto desconhecido. Há vários conselhos de curadores em Portugal e na Europa, sobretudo relacionado Universidades. A Universidade de Aveiro tem um conselho de curadores que é composto por cinco personalidades de elevado mérito e experiência profissional reconhecidos como especialmente relevantes. Neste momento são curadores, Correia de Campos (ex-ministro da saúde), Alexandre Soares dos Santos (líder do Grupo Jerónimo Martins). Vão estudar mais um bocadinho.
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 14:41

Isso é um abuso1 Mandar estudar o Gury! Então ele não é o que sabe tudo? Um conselho Gury: Muda o estilo da tua escrita. Aos poucos vai-se descobrindo quem tu és. É só paleio de seminarista, ou de tocador de órgão...na missa.irra!
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 22:53

Para os mais distraídos outro Conselho de Curadores e o da Fundação Champalimaud que estabelece a orientação e acompanha o desenvolvimento das atividades da Fundação. Os seus membros são oriundos de diferentes meios culturais e profissionais e todos eles são reputados nas suas áreas pelo empenho que dedicam à melhoria das condições de vida das pessoas.

Daniel Proença de Carvalho (Presidente)

Aníbal Cavaco Silva

Fernando Henrique Cardoso

António Coutinho

António Damásio

António Travassos

Carlos Eugénio Corrêa da Silva

João Raposo Magalhães

Pedro D'Abreu Loureiro
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 14:44

Oh Guri tu não precisas de ser curador bastou te ser pro curador para teres direito a um diploma de ga......,
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 17:46

Então nesse caso devia de ser um Conselho Munícipal à semelhança do Presidente da Répública que tem o seu Conselho de Estado. Um Conselho Municipal constituído pelo Presidente do Agrupamento de Escolas de Vizela, pelo comandante da GNR e dos bombeiros de Vizela, pelo director do Posto Médico, por um empresário, pelos líderes das concelhias, pelo presidente da ACIV, por uma Assistente Social, por um padre e por um economista. Assim sendo, com um conselho municipal multidisciplinado para falar de todos os assuntos desde a segurança até à economia da cidade, ou seja, falar de tudo sem deixar nada para trás. Falem menos do meu diploma que não sei do que se estão a referir e centrem-se mais na política que o Prof. Faria tão amávelmente coloca diáriamente.
Guri a 11 de Julho de 2017 às 22:54

Trabalho poupado!
curador
cu.ra.dor
kurɐˈdor
nome masculino
1. DIREITO administrador de bens por encargo judicial
2. DIREITO representante de incapazes, nomeado pelo tribunal para determinado processo judicial ou ato jurídico
3. profissional responsável pelas obras que constituem o património de uma instituição (museu, galeria, etc.) e pela conceção e supervisão da sua exposição
4. regionalismo tratador de cavalos
5. Brasil curandeiro
curador de conteúdos
pessoa que tem por função analisar o fluxo constante de novos dados (textos, vídeos, etc.) disponibilizados na internet, com o objetivo de recolher, organizar e apresentar a informação mais relevante sobre um determinado tópico, junto de uma audiência específica
curador de órfãos
magistrado que vela pelos direitos e interesses dos órfãos menores

in https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/curador
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 23:18

Este sr, que respeito pelo mérito empresarial, revela muita incoerência tendo em conts as declarações do passado. Deveria ter tido o cuidado de nao se juntar a um grupo de pessoas que levou Vizela à falência... Fica-lhe mal.
Anónimo a 11 de Julho de 2017 às 23:45

Enão se juntou, e a prova é que rejeitou a homenagem que Dinis Costa lhe quis prestar, melhor prova é impossível.
Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 18:10

Nunca se juntou a quem levou Vizela a falencia Veja as contas e vera que quem foi o responsável foi Dinis Costa. E foi coerente porque não quis receber dele uma condecoração Está facciosamente mal informadob
Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 15:27

Dinis Costa governou sozinho.........um must!

""Dinis Costa governou sozinho.........um must""
Só pode ser gozo José Manuel Faria, como explica o aumento de dívida a partir de 2009?
Como é uma pessoa extremamente bem informada, não sai de casa, nem participa na vida politica de Vizela , Reuniões de Câmara, Assembleias Municipais, é capaz de ter uma explicação, é que eu não tenho, aliás só Dinis Costa como responsável máximo da CMV pode explicar.

Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 18:17

voçe é o tipo q insiste q não saio de casa......o sr. é parvo e mentiroso. Participo na vida política , sim ........mais do q julga.......não sendo um problema de um covarde desconhecido.

JMF, na Camara de Vizela quem propõe, ou pelo menos propunha, o Plano e Orçamento era o Presidente da Câmara. O responsável máximo e único é o presidente. Só ele autoriza alterações orçamentais.
Lembra-se em 2009 uma alteração em que retiraram a verba para acabar o edifício da Camara ,transferindo para rede viária e puseram uma verba prometida( que nunca mais chegou) para esse efeito prometida pelo Secretário de Estado José Junqueiro?
Por isso professor, deveria estar mais informado como funcionava a Camara no tempo de Francisco Ferreira, Dinis Costa, Alberto Machado e Joaquim Costa.
Se quiser saber, consulte os dados que estão disponíveis no site da Camara e depois fale com verdade.
Fico admirado, como ex elemento da Assembleia Municipal que era assim que funcionava.
Não tem as contas aprovadas no seu tempo? Se tiver diga qual era o passivo corrente da Camara de Vizela.
Deixe de dizer must!!!!!!
Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 19:13

Para o Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 19:13
Responder a assuntos importantes a ZMF é dar lhe demasiada importância, ele só sabe o que lhe interessa, se fosse para dizer/malhar no FF e no MVS ele sabia, mas como é referente ao actual executivo ou se fosse do JIC não interessa, nem se lembra.
Ao menos podia ser mais discreto.
Anónimo a 12 de Julho de 2017 às 22:12

Ai foi só Dinis Costa ???
Segundo julgo saber, a maioria das propostas da Câmara, nos últimos anos, foi aprovada por unanimidade, o que quer dizer que quem esteve de acordo ,agora está totalmente contra !
E antes,como foi ???
E vai lá a gente entender esta gente...
Anónimo a 13 de Julho de 2017 às 22:18

Ena Prof. Faria, por pouco emitava-me ao quase chamar tanso ao anónimo;). Relativamente ao professor dizer que houve uma governação autárquica pelas mãos de um indíviduo, permita-me dar-lhe uma lição de História do século XVII: o rei Luís XIII reinou entre 14 de Maio de 1610 a 1643, por seu turno, tinha uma espécie de chefe do GAP, chamado Cardeal Richelieu, umas das figuras mais temidas na Europa porque colocou toda a gente a andar e a falar direito para não terem problemas, visto que foi o grande senhor arquitecto do Absolutismo. Assim sendo, o Cardeal Richelieu não criou o Absolutismo para dar ao rei, mas sim para criar uma sobra que cobrisse a própria autoridade do rei. Concluindo, o Cardeal Richelieau de jeito não formal, mandava as ideias e o rei obdecia.
Guri a 12 de Julho de 2017 às 20:01

Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Alargar o período experimental para 180 dias foi a...
"Homem pequeno, o Diabo o cagou'", adágio popular!
Dora Gaspar esteve tantos anos no desempenho de fu...
Mais uma vez a liderança da Coligação PSD/CDS-PP a...
Um aumento de despesas com pessoal de 1,7 milhões ...
Volta e meia lá surge uma notícia, plantada num do...
VHS as festas são feitas por ALGUNS funcionários d...
Caiu esse, e depois de Israel aos EUA passando pel...
Victor Hugo Salgado, presidente da CMV, explicou q...
ALEGADAMENTE o artigo de opinião de Luís Almeida d...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO