15
Jul 15

 

"De repente Passos Coelho é o pacificador moderado da Europa. Nem se percebe como não está já a caminho do Médio Oriente para resolver o eterno conflito israelo-palestininano e não o candidatam a Nobel da Paz. Mas transformar a adaptação da posição portuguesa aos resultados negociais impostos pela Alemanha, com contributos especificos, num papel central no desbloqueio desta "negociação" está para lá do provincianismo habitual de quem, não querendo contar quando as lutas são dificeis, se põe em bicos de pés na hora de distribuir os louros. Basta ter acompanhado as sucessivas negociações pela imprensa internacional para saber que o papel do governo português nos ultimos meses foi, por razões internas, o de um aliado ativo das posições mais irredutíveis da Europa. Não há como reescrever isto à boleia do autoelogio de Passos."

Daniel Oliveira

publicado por José Manuel Faria às 09:00

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
E justo porquê? O tem a ver o cu com as calças?Iss...
Então este é que manda, porque o presidente é que ...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO