28
Jul 14

 

"Um grupo financeiro pode pedir que os mercados sejam suspensos. E nem por isso é apelidado de irresponsável que viveu acima das suas possibilidades. Além disso, o BES não é o GES. Repita comigo. O BES não é o GES. Um grupo financeiro pode pedir proteção contra credores. Mas não é acusado de não honrar os seus compromissos. O BES não é o GES. Um grupo financeiro pode reestruturar a sua dívida. E não é apontado de, assim, entrar numa perigosa fantasia irrealizável, esquerdalhona e perigosa. O BES não é o GES.  Um grupo financeiro pode adiar a apresentação de contas para se proteger dos mercados, sem ser logo rotulado de sulista, preguiçoso e improdutivo que vive à custa dos rigorosos do norte. O GES não é o BES. Muitas empresas portuguesas estão expostas ao grupo financeiro ES, o rating do Banco cai, as suas ações despenham-se, mas não é considerado culpado, merecedor de castigo e sacrifício. O GES não é o BES. Repita comigo. Portugal não é um país. Um país não é Portugal."

 

JAD

publicado por José Manuel Faria às 11:16

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
"Alegadamente" espero que não, mas não me admirava...
O PSD /Jorge Pedrosa não faz campanha?Será que o ...
"Da meia noite até às 18h00 de sábado estará encer...
Qual será a razão da RC ser por vídeo conferência?...
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO