31
Jan 14

 

"(...). As possíveis respostas intuíram-se, mas.. O putativo partido, o Livre, espalhou anticorpos suficientes no seio do BE que, se nada for feito para travar o proc.esso, podem fazer perigar qualquer futura união de facto ou de direito. Do PS e do PCP, não houve nova nem notícia.(...)"

 

"(...)Moral da história: à esquerda no parlamento, unidos na oposição às políticas deste governo, e nem divergem tanto assim, os partidos ditos de esquerda antagonizam-se, fora de portas, em tudo o que é oportunidade de se juntarem. Há diferenças programáticas, há princípios ideológicos, há razões que a nossa razão desconhece, há tudo isto e mais um pouco. Mas... há sempre um mas. Será impossível?! É tão difícil assim?! A convergência não pode assentar num denominador comum? Será muito e sério o que os separa, concedo, mas não se afigura fácil entender o tão pouco que os une. Esse pouco agiganta-se perante o desastre do país. As pessoas estão como que anestesiadas pela incerteza, pelo medo do amanhã. Quem lhes poderia trazer alento, esperança?(...)"

 

Maria Helena Magalhães

publicado por José Manuel Faria às 16:07

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
Está um comentário no faceboock do Prof. José Man...
E todos gostariam de saber a parte que tocou à ACI...
Sinceramente acho que ninguém tem que duvidar do v...
“meio milhão de euros é quanto a Câmara Municipal ...
não era essa a ideia que tinha do primo mas devere...
Jornal de Vizela Como será possível que em Vizela ...
Do primo a que se referiu.
Também fiquei a olhar!!!!!!!!!!!!!O outro que ulti...
Fala do primo dele. o Arnaldo. "Capacidade, formaç...
"capacidade, formação e arrojo"? não sei que primo...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO