09
Jul 17

 

Mas é por causa de uma investigação que envolve um membro do governo angolano...

Não. Não foi isso que as autoridades angolanas disseram. Entenderam que não estavam ainda criadas as condições para que a visita se realizasse. Vamos esperar tranquilamente para que elas estejam criadas. Uma coisa é evidente para as autoridades portuguesas - e suponho, acredito, que também seja evidente para as autoridades angolanas - é que Angola e Portugal são como dois gémeos siameses. Não vale a pena a gente achar que podem ignorar-se uns aos outros, que podemos amuar uns com os outros... Quer dizer, se amuarmos teremos o trabalho adicional que é deixar de amuar, porque a proximidade entre os povos, os laços históricos, a densidade das relações económicas, a cooperação institucional é de tal monta que nós somos, se me permitem a comparação, gémeos siameses.

publicado por José Manuel Faria às 10:56

O problema não é Angola é a ditadura angolana.Mas PCP , PS , PSD e CDS , dão-se muito bem com o MPLA e com a famiglia de Eduardo dos Santos.
Anónimo a 9 de Julho de 2017 às 11:40

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Será que o Sócrates não teve nada a ver com a Banc...
ANÓNIMO A 19 DE JULHO DE 2020 ÀS 13:09Dinis Costa ...
O tempo “da boa fé e da colaboração institucional”...
Outra vez!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Existe gente que não s...
Dinis Costa em 2 009 recebeu 3 milhões de endivida...
Artigo 133.ºCapacidade do estabelecimento - é só a...
Pede se o favor a quem de direito, que tenham aten...
ANÓNIMO A 11 DE JULHO DE 2020 ÀS 10:57Então diga l...
O Dinis Costa teve o dinheiro dos orçamentos.Mas a...
Leu mal! 13 ( treze ) milhões que Dinis Costa desb...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO